Bem-vindo à página oficial da Presidência da República Portuguesa

Nota à navegação com tecnologias de apoio

Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação: motor de busca (tecla de atalho 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Feira do Livro

MENSAGENS

Presidente da República lamenta a morte de Augusto Cid

Foi com grande desgosto que o Presidente da República recebeu a notícia do falecimento de Augusto Cid, um amigo de 50 anos, com quem tinha estado ainda há duas semanas.

Augusto Cid marcou o jornalismo, marcou o cartoonismo em Portugal e teve grandes causas: a sua maior causa chamou-se Camarate, a que dedicou uma parte importante da vida. Foi largamente devido a Augusto Cid e às sucessivas Comissões Parlamentares de Inquérito, que surgiu no Parlamento, acolhida em todos os partidos, a posição de Camarate não ter sido um acidente, mas poder ter sido um crime.

Mas, além disso, Augusto Cid viveu apaixonadamente a vida e combinava essa paixão com uma grande serenidade, com que o Presidente da República o viu pela última vez há 15 dias, serenamente a despedir-se.

A toda a família e restantes amigos, o Presidente da República apresenta comovidas condolências.

14.03.2019
partilhar | imprimir | enviar | voltar

© 2016-2019 Presidência da República Portuguesa