Bem-vindo à página oficial da Presidência da República Portuguesa

Nota à navegação com tecnologias de apoio

Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação: motor de busca (tecla de atalho 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Marcelo Rebelo de Sousa

MENSAGENS

Presidente da República lamenta a morte de Teresa Tarouca

Apresento as minhas condolências à famíla da fadista Teresa Tarouca.

Nascida num meio musical, influenciada por Amália Rodrigues e Maria Teresa de Noronha, Teresa Tarouca começou a cantar ainda criança, e aos vinte e dois anos já tinha gravado um disco e vencido um Prémio Bordalo da Casa da Imprensa.

Fadista residente em casa de fado, intérprete do fado clássico, cantou temas de Alfredo Marceneiro ou João Ferreira-Rosa, foi a primeira a adaptar poemas de Fernando Pessoa e tinha especial apreço por Pedro Homem de Mello, como demonstra o álbum Tereza Tarouca canta Pedro Homem de Mello (1989).

Pela sua carreira recebeu, em 2013, o grau de Comendador da Ordem do Infante D. Henrique. E conquistou a admiração dos seus pares e do público, que recorda as canções melancólicas de Teresa Tarouca, fadista de «saudade, silêncio e sombra».

11.11.2019
partilhar | imprimir | enviar | voltar

© 2016-2020 Presidência da República Portuguesa