Bem-vindo à página oficial da Presidência da República Portuguesa

Nota à navegação com tecnologias de apoio

Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação: motor de busca (tecla de atalho 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)

O DIA DA TOMADA DE POSSE DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

VÍDEO EM DESTAQUE

Discurso de Tomada de Posse do Presidente da República

Assembleia da República

09.03.2011

O ROV Luso, adquirido por Portugal em 2008, é um veículo de operação remota (ROV – Remote Operated Vehicle), com capacidade de mergulhar a 6000 m de profundidade, representa para Portugal a capacidade de alcançar/intervir em 97% dos fundos à escala global e a 100% dos fundos oceânicos sob soberania nacional.

Rov Luso

Este equipamento foi adquirido em 2008, no âmbito do Projecto de Extensão da Plataforma Continental de Portugal (PEPC), com o objectivo de efectuar recolha selectiva de amostras científicas do fundo marinho, para a sustentação científica da submissão portuguesa apresentada às Nações Unidas em Maio de 2009.

As capacidades deste tipo de equipamento vão no entanto muito além do PEPC, passando Portugal a dispôr de um meio de excelência para efectuar um conjunto ímpar de acções de investigação multidisciplinar, desenvolvimento, inovação e segurança nacional.

Dos equipamentos instalados no LUSO podem destacar-se:

  • dois manipuladores robóticos,
  • uma câmara de alta definição para captura gravação de imagens HD,
  • um Doppler Velocity Logger – DVL para medição de correntes,
  • um CTD, para medir a densidade, temperatura e pressão da água, com sensores de fluorescência, oxigénio dissolvido e turbidez,
  • sensor de CH4,
  • sensor de CO2,
  • gaveta para amostras de geologia e biologia,
  • amostrador biológico por sucção com 5 câmaras de amostragem,
  • 4 garrafas de Niskin para recolha de amostras de água,
  • suporte para corers para recolha de sedimentos,
  • lasers de escala,
  • 4 luzes de alta intensidade,
  • sonar,
  • altímetro,
  • girobússola
  • posicionamento acústico.

Através dos equipamentos instalados passa a ser possível a realização de estudos fundamentais em disciplinas como a Geologia, Biologia, Química Ambiental, Geofísica, Oceanografia Física e Química em diferentes ambientes geotectónicos; permitirá ainda a avaliação de recursos minerais submarinos, de biotecnologia azul, inventariação de bioversidade e estudos de eco-sistemas pelágicos e bentónicos.

Nas três campanhas realizadas o ROV LUSO efectuou 88 mergulhos num total de cerca de 350 horas de operação. Em qualquer destas campanhas participou sempre, por iniciativa da Estrutura de Missão do Assuntos do Mar, uma equipa multidisciplinar de cientistas de várias instituições nacionais. Esta participação tem por objectivo procurar maximizar o potencial de recolha de informação científica associado a um cruzeiro desta natureza, tentando assim maximizar os resultados daí decorrentes.

 
partilhar | imprimir | enviar | voltar

© 2006-2014 Presidência da República Portuguesa