Bem-vindo à página oficial da Presidência da República Portuguesa

Nota à navegação com tecnologias de apoio

Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação: motor de busca (tecla de atalho 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Cerimónia Militar de receção das Forças Armadas ao Comandante Supremo
Cerimónia Militar de receção das Forças Armadas ao Comandante Supremo
Mafra, 21 de março de 2016 ler mais: Cerimónia Militar de receção das Forças Armadas ao Comandante Supremo

Veja as Imagens | DESTAQUES

Reunião do Conselho Superior de Defesa Nacional a bordo do N.R.P. “Sagres” (1)
Reunião do Conselho Superior de Defesa Nacional a bordo do N.R.P. “Sagres” (2)
Reunião do Conselho Superior de Defesa Nacional a bordo do N.R.P. “Sagres” (3)
Reunião do Conselho Superior de Defesa Nacional a bordo do N.R.P. “Sagres” (4)

DESTAQUES

Reunião do Conselho Superior de Defesa Nacional

O Conselho Superior de Defesa Nacional reuniu-se sob a presidência do Presidente da República.

No final da reunião, que decorreu a bordo do N.R.P. “Sagres”, foi divulgado, pelo Tenente-general João Cordeiro, em substituição do Secretário do Conselho, uma nota informativa.

“O Conselho Superior de Defesa Nacional reuniu hoje, 06 de Outubro de 2016, em sessão ordinária, sob a Presidência de Sua Excelência o Presidente da República, Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, para deliberar sobre a participação das Forças Armadas em operações no exterior do Território Nacional.

O Sr. Presidente abriu a sessão com uma palavra de apreço pelo apoio da Marinha à concretização desta reunião no Navio Escola Sagres, “bandeira” de Portugal e do seu espírito empreendedor no mundo.

Apreciadas que foram as propostas apresentadas pelo Governo, o Conselho deliberou dar parecer favorável à participação nacional na Missão das Nações Unidas na Colômbia, naturalmente atendendo à situação envolvente.

O Conselho deliberou ainda dar parecer favorável à retração da força nacional na KFOR até ao fim do primeiro semestre de 2017, no quadro da continuação de idêntico empenhamento português na Aliança Atlântica.

Por fim, o Conselho concluiu com uma primeira análise e debate sobre a possível participação das Forças Armadas em operações e/ou missões no exterior do Território Nacional, durante o ano de 2017.”

06.10.2016

© 2016-2018 Presidência da República Portuguesa