Bem-vindo à página oficial da Visita de Estado à Índia

Nota à navegação com tecnologias de apoio

Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação: motor de busca (tecla de atalho 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Lisboa
 
Nova Delhi
 

A ÍNDIA HOJE Clique aqui para ouvir

O papel crescente da economia indiana no contexto global e as ligações históricas de Portugal à Índia são motivo suficiente para que olhemos este país com particular atenção.

A visita do Presidente da República enquadra-se nesta perspectiva e pretende não só testemunhar o esforço de desenvolvimento desta nação mas também valorizar e estimular as relações entre Portugal e a Índia.

O progresso económico da Índia – a maior democracia do mundo – é um dos fenómenos mais marcantes do nosso tempo. Retirou milhões de pessoas da pobreza e revelou ao mundo os benefícios que podem advir do desenvolvimento económico. E a aposta bem sucedida da Índia na área tecnológica e na formação dos recursos humanos é um exemplo inspirador.

A Índia é a quarta economia do mundo em termos de Produto Interno Bruto medido em paridades de poder de compra (PIBppc) e é altamente provável que passe a ser a terceira economia do mundo, em termos do PIBppc, a partir de 2007.

Apenas a China e a Índia têm apresentado, de forma sustentada, um ritmo de crescimento elevado desde 1980. Nos últimos 10 anos, a economia indiana cresceu a uma taxa média superior a 7%, sendo dos países que mais contribuem, em cada ano, para o crescimento da economia mundial.

A exposição da economia indiana ao exterior aumentou de forma notória nos últimos anos. O peso das exportações em percentagem do PIB aumentou de 7% em 1994 para 19% em 2004, e o peso das importações subiu de 9% em 1994 para 23% em 2004. De igual forma, os valores do investimento directo estrangeiro na Índia passaram de cerca de 240 milhões de dólares em 1990 para cerca de 5.300 milhões de dólares em 2004.

Uma das áreas de afirmação da Índia no panorama mundial é a indústria tecnológica. Trata-se de um dos países mais bem situados no ranking mundial das principais empresas tecnológicas, beneficiando da qualidade das suas Universidades e da formação dada neste domínio.

O artigo “The Next Wave” publicado, em 14 de Dezembro de 2005, no “The Economist” é eloquente a este respeito.

“The euphoria is confined neither to American multinationals, nor to information technology. It also encompasses India's own IT industries, and the expanding range of other back-office services that can now be performed remotely. The three biggest Indian IT-services firms - Tata Consultancy Services (TCS), Infosys and Wipro - are each recruiting more than 1,000 people a month.”

A Índia tem uma população superior a 1,1 mil milhões de pessoas e foi o país que mais contribuiu para o crescimento da população mundial nos últimos 5 anos (com um crescimento médio anual de 16 milhões de habitantes). Em 2030 deverá tornar-se o país mais populoso do mundo. Com uma taxa de crescimento económico que, em termos médios anuais, deverá situar-se em torno dos 6-8% nas próximas décadas, não subsistem dúvidas sobre a relevância crescente da Índia no contexto mundial. Quer como motor do crescimento económico mundial quer como mercado potencial, a economia indiana justifica uma atenção cada vez maior na Europa e em Portugal.

Uma Introdução à Índia
Uma Introdução à Índia

Apresentação inédita sobre a Índia: os principais factos, a história, a economia e a demografia da maior democracia do mundo. Os desafios e as oportunidades de uma civilização com cinco mil anos de história.

Flash sobre a Índia (Inglês)
Flash sobre a Índia (Inglês)


 

 


 


Imprimir

© 2007 Presidência da República Portuguesa