Saltar para o conteúdo (tecla de atalho c)

Presidência da República Portuguesa

Presidência da República Portuguesa

Presidente da Ucrânia conversou por telefone com o Presidente da República

A Presidência da Ucrânia divulgou esta tarde em Kiev o seguinte comunicado, que corresponde, na essência, à conversa de uma hora havida entre o Presidente da República e o Presidente da Ucrânia:

“O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, teve uma conversa pelo telefone com o Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa.

No início da conversa, os Chefes de Estado apresentaram as suas felicitações por ocasião do Natal e do Ano Novo.

Volodymyr Zelenskyy agradeceu a Marcelo Rebelo de Sousa pelo caloroso vídeo com a mensagem de Ano Novo à Ucrânia.

Os líderes discutiram questões importantes da agenda bilateral, em primeiro lugar, a intensificação da cooperação comercial e económica, assim como a continuação do diálogo no mais alto nível.

“Estou otimista com o aumento do volume de negócios comerciais dos nossos países”, disse Volodymyr Zelenskyy.

Os interlocutores concordaram em realizar uma Terceira reunião da Comissão Intergovernamental de Cooperação Económica o mais rápido possível.

Os Presidentes também concordaram que as áreas importantes para a cooperação entre a Ucrânia e Portugal são o comércio, a energia, as infraestruturas espaciais, a digitalização, a cooperação científica e técnica, etc.

Volodymyr Zelenskyy levantou a questão da distribuição solidária da vacina certificada e a possibilidade de obtê-la na Ucrânia num futuro próximo. “Ficarei grato pela ajuda no fornecimento das primeiras vacinas COVAX em janeiro-fevereiro”, disse o Presidente da Ucrânia.

Separadamente, os Presidentes debruçaram-se sobre o caso de Igor Homeniuk. Volodymyr Zelenskyy agradeceu à Parte Portuguesa pela justa compensação e preocupação perante os parentes do falecido.

“Estamos confiantes de que a Parte Portuguesa irá garantir uma investigação completa e imparcial sobre as circunstâncias da morte do cidadão ucraniano Igor Homenyuk em março de 2020”, disse Volodymyr Zelenskyy.

Marcelo Rebelo de Sousa elogiou a contribuição da comunidade ucraniana para o desenvolvimento social e económico de Portugal.

Volodymyr Zelenskyy felicitou o seu colega pelo início da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia e sublinhou que a Ucrânia conta com a colaboração e apoio da Presidência portuguesa na implementação dos acordos da 22.ª Cimeira Ucrânia-UE.

Marcelo Rebelo de Sousa lembrou que Ucrânia e Portugal fazem parte da Europa e apoia as aspirações de integração europeia do nosso Estado. Volodymyr Zelenskyy agradeceu a Portugal pelo seu apoio à soberania e integridade territorial da Ucrânia. Os interlocutores também discutiram uma ulterior colaboração na integração da Ucrânia na Aliança do Atlântico Norte.

“A aproximação, passo a passo, da Ucrânia à OTAN no caminho até à adesão plena à Aliança é uma garantia da segurança da Ucrânia. Estamos gratos por apoiar a decisão de reconhecer a Ucrânia como um parceiro com capacidades reforçadas. Com este novo estatuto, a Ucrânia espera expandir a cooperação prática com a OTAN. Queremos estar mais ativamente envolvidos no fortalecimento prático da segurança euro-atlântica. A obtenção de um plano de ação para a adesão da Ucrânia à OTAN é o nosso objetivo estratégico”, sublinhou o Presidente da Ucrânia.

Volodymyr Zelenskyy renovou o convite ao seu homólogo português para uma visita oficial à Ucrânia. Em resposta, Marcelo Rebelo de Sousa convidou Volodymyr Zelenskyy para visitar Portugal durante a Presidência portuguesa da UE no primeiro semestre de 2021.

English Version

All the contents of this website can be listen by clicking on this symbol:


This tool also allows you to translate all the contents of this website into English and 17 other languages, including the News area, which is only available in Portuguese.

Translations are provided by Google Translate

Este sítio utiliza cookies apenas para melhorar a funcionalidade e a sua experiência de utilização. Ao navegar neste sítio está a consentir a utilização dos mesmos.
Ocorreu um erro durante o envio da mensagem.
Por favor tente mais tarde.