Saltar para o conteúdo (tecla de atalho c)

Presidência da República Portuguesa

Presidência da República Portuguesa

Condecoração da Liga dos Combatentes no dia do centenário da sua fundação

O Presidente da República e Comandante Supremo das Forças Armadas presidiu às Cerimónias Comemorativas do 100.º aniversário da Fundação da Liga dos Combatentes, do 103.º aniversário da Batalha de La Lys e do Dia do Combatente, tendo agraciado a Liga dos Combatentes como Membro Honorário da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito.

Ao início da manhã, na Batalha, o Presidente da República, após ser recebido pelo Presidente da Câmara Municipal da Batalha, Paulo Batista dos Santos, pelo Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, Almirante António Silva Ribeiro, pela Secretária de Estado de Recursos Humanos e Antigos Combatentes, Catarina Sarmento e Castro, e pelo Presidente da Liga dos Combatentes, Tenente-General Chito Rodrigues, participou na Concelebração eucarística pelos combatentes falecidos, presidida pelo Bispo das Forças Armadas e das Forças de Segurança, D. Rui Valério, na igreja do Mosteiro de Santa Maria da Vitória.

De seguida, o Chefe de Estado presidiu à cerimónia militar evocativa onde, após as honras militares com execução do hino nacional e revista às forças em parada, impôs as insígnias da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito no estandarte da Liga dos Combatentes.

Após o desfile militar, o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa dirigiu-se à sala do capítulo onde, junto ao monumento ao soldado desconhecido, depositou uma coroa de flores e prestou homenagem aos mortos em combate.

No final das cerimónias na Batalha, foi inaugurado o Memorial aos Combatentes Batalhenses no jardim do condestável.

As cerimónias prosseguiram depois em Lisboa, onde o Presidente da República depositou uma coroa de flores no Monumento aos Mortos da Grande Guerra na Avenida da Liberdade e presidiu à Sessão Solene Comemorativa no Salão Nobre da Sede da Liga dos Combatentes.

A sessão, na qual estiveram presentes o Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, o Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas e os Chefes do Estado-Maior dos três Ramos, teve início com as palavras do Presidente da Liga, a que se seguiu a apresentação do livro “Grandezas e Misérias do Império”, pelo Tenente-General António Gonçalves Ribeiro, a entrega simbólica à Liga dos Combatentes do Espólio de José Maria Hermano Baptista, último Comandante da Grande Guerra, e o lançamento de um selo e medalhão evocativos da data.

Seguiu-se a intervenção do Presidente da República, que no final condecorou o Tenente-General Chito Rodrigues com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique.

English Version

All the contents of this website can be listen by clicking on this symbol:


This tool also allows you to translate all the contents of this website into English and 17 other languages, including the News area, which is only available in Portuguese.

Translations are provided by Google Translate

Este sítio utiliza cookies apenas para melhorar a funcionalidade e a sua experiência de utilização. Ao navegar neste sítio está a consentir a utilização dos mesmos.
Ocorreu um erro durante o envio da mensagem.
Por favor tente mais tarde.