Saltar para o conteúdo (tecla de atalho c)

Presidência da República Portuguesa

Presidência da República Portuguesa

Cerimónia Militar Comemorativa do Dia de Portugal no Funchal

O Presidente da República e Comandante Supremo das Forças Armadas presidiu, no Funchal, Região Autónoma da Madeira, à Cerimónia Militar Comemorativa do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa, que chegou a pé à Praça da Autonomia, foi recebido pelo Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, e pelo Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, Almirante Silva Ribeiro. Tomados os lugares protocolares, a Cerimónia Militar teve início com a execução do Hino Nacional pela Banda Militar da Madeira e, em simultâneo, a Fragata “Álvares Cabral”, fundeada na Baía do Funchal, executou uma salva de 21 tiros.

No seguimento, o Presidente da República, acompanhado pelo Comandante das Forças em Parada, Tenente-Coronel Piloto Aviador, José Dias, passou revista às Forças em Parada.

Com o Comandante Supremo das Forças Armadas na Tribuna Presidencial, teve lugar a Cerimónia de Homenagem aos Mortos que incluiu um sobrevoo de homenagem por uma esquadrilha de aeronaves F-16M da Força Aérea.

Antes da intervenção do Presidente da República, coube a Carmo Caldeira, Médica do Serviço Nacional de Saúde da Região Autónoma da Madeira e Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas a primeira intervenção.

Finalizado o período de intervenções, iniciou-se a cerimónia de imposição de condecorações, distinguindo os serviços prestados ao País, no exercício de funções, pelos três Ramos das Forças Armadas, com imposição das insígnias de Membro Honorário da Ordem Militar de Cristo aos Estandartes Nacionais do Estado-Maior-General das Forças Armadas, do Estado-Maior da Armada, do Estado-Maior do Exército e do Estado-Maior da Força Aérea.

Seguiu-se o desfile das Forças em Parada, em continência ao Presidente da República e Comandante Supremo das Forças Armadas, que iniciou com o Bloco de Estandartes Nacional, com Escolta de Honra constituída por um Pelotão de Cadetes da Academia da Força Aérea, a que se seguiram uma formação de Antigos Combatentes, um pelotão da Marinha constituído por militares do Batalhão de Fuzileiros N.º 1, um pelotão do Exército pertencente ao Regimento de Guarnição N.º 3 da Zona Militar da Madeira e um Pelotão do Centro de Formação Militar e Técnica da Força Aérea, o Desfile Militar, finalizou com um sobrevoo da esquadrilha de aeronaves F-16M da Força Aérea.

Leia aqui a intervenção do Presidente da República

Leia aqui a intervenção da Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas 2021, Maria do Carmo Caldeira

Relacionados

English Version

All the contents of this website can be listen by clicking on this symbol:


This tool also allows you to translate all the contents of this website into English and 17 other languages, including the News area, which is only available in Portuguese.

Translations are provided by Google Translate

Este sítio utiliza cookies apenas para melhorar a funcionalidade e a sua experiência de utilização. Ao navegar neste sítio está a consentir a utilização dos mesmos.
Ocorreu um erro durante o envio da mensagem.
Por favor tente mais tarde.