Saltar para o conteúdo (tecla de atalho c)

Presidência da República Portuguesa

Presidência da República Portuguesa

Presidente da República lembra Pedro Tamen, já com saudade

Durante mais de meio século, Pedro Tamen foi uma figura ativíssima da nossa vida cultural e cívica. Como militante de grupos católicos de orientação conciliar, como cineclubista, como crítico literário, como diretor e colaborador de jornais e revistas (entre as quais «O Tempo e O Modo»), como editor na Moraes e responsável da fundamental coleção Círculo de Poesia, como membro do Conselho de Administração da Fundação Gulbenkian, como dirigente de associações de escritores, e claro, como tradutor e poeta. 

São de Tamen algumas das traduções mais conhecidas e celebradas das últimas décadas, de Diderot, Flaubert, Breton, Proust ou Perec, ou de Garcia Márquez, entre muitos outros. E à sua poesia, de temática cristã no início, e depois progressivamente surrealizante, lúdica, hermética, sempre inventiva, tão depressa erudita como ligada ao quotidiano, ao amor, à artes plásticas, foram atribuídas diversas distinções que o consagraram como um autor singularíssimo, respeitado e admirado pela crítica e pelos seus pares. 

 

Foi também um amigo que hoje perdi. À  família de Pedro Tamen envio as minhas sentidas condolências.

English Version

All the contents of this website can be listen by clicking on this symbol:


This tool also allows you to translate all the contents of this website into English and 17 other languages, including the News area, which is only available in Portuguese.

Translations are provided by Google Translate

Este sítio utiliza cookies apenas para melhorar a funcionalidade e a sua experiência de utilização. Ao navegar neste sítio está a consentir a utilização dos mesmos.
Ocorreu um erro durante o envio da mensagem.
Por favor tente mais tarde.